Opinião

António Gomes

As chaminés não caíram, as chaminés foram derrubadas.

É este caminho, uma “cultura de destruição” que se tem sobreposto aos interesses públicos e coletivos, este desprezo pelo legado dos que viveram antes de nós, este apego à ignorância, tudo isto define um futuro bacoco e medíocre para esta terra.

Rui Alves Vieira

Startups, clínicas e estratégias

O vento agora sopra do norte, ali dos lados de Braga e, temos que a alterar a estratégia para nos adaptarmos ao clima. Por isso, à data de hoje, o edifício da ex CGD deixará de albergar sartups torrejanas e irá agora albergar a MKA Lda. que, na melhor das hipóteses, será uma clínica médica privada.

Graça Martins

Grande Revolta da Educação

(...)somos sobreviventes num País continuamente delapidado por políticas de baixa fasquia cultural, impulsionadora de desigualdades sociais e rica em desvarios financeiros onde se safa quem está ao lado do poder, tornando frágil a integridade, quando o verdadeiro poder é ser-se integro e inteiro(...)

António Gomes

Mais de 2 milhões a voar

O PEDU foi apresentado como a grande oportunidade para a revitalização do Centro Histórico, 7,3 milhões de fundos europeus garantidos, julgava-se que o mais difícil estava ultrapassado, o dinheiro. Mas no caso de Torres Novas o mais difícil não é o dinheiro é a incompetência, a ausência de planeamento e o foguetório adiantado.

Diogo Gomes

A estabilidade de uma corda bamba

Sobre a "estabilidade" da maioria absoluta e do seu governo.

Bloco apresentou propostas para as Grandes Opções do Plano (2021-2025) e para o Orçamento Municipal para o ano de 2022. PS incluiu ZERO!

Conheça todas as propostas e avalie sobre a sua oportunidade e necessidade.

O direito à informação, clara objetiva e transparente, constitui um princípio fundamental do poder local democrático para incentivar e promover a participação das pessoas na vida pública

Fabíola Cardoso fez saber que "o Bloco de Esquerda procedeu a uma interpelação ao Ministério do Ambiente sobre o assunto, pois esta matéria vai muito além da poluição atmosférica, uma vez que a população tem experienciado maus cheiros causadores de vómitos, ardências oftalmológicas, irritações dermatológicas, tosse e outros sintomas altamente disruptores do quotidiano, da qualidade de vida da população e apresenta contornos de verdadeiro problema de saúde pública".

O BE considera que o Município deveria projetar a taxa de IMI para atingir o valor mínimo de 0,30% no último ano do ciclo autárquico, ou seja, no 4º ano deste mandato autárquico, e entende que há condições para que se dê início a este caminho a partir deste ano, sem comprometer o equilíbrio orçamental do Município.

Declarações de voto da vereadora Helena Pinto sobre: rearborização de eucaliptos; Projecto PEDU reabilitação do Terreiro de Sta. Maria; Reabilitação do gaveto da rua Actriz Virgínia com a rua dos Ferreiros;

veja o video aqui: https://www.youtube.com/watch?v=xLSakJ-gYPc&t=6276s&ab_channel=Munic%C3%...

 

 

Páginas