Opinião

António Gomes

As chaminés não caíram, as chaminés foram derrubadas.

É este caminho, uma “cultura de destruição” que se tem sobreposto aos interesses públicos e coletivos, este desprezo pelo legado dos que viveram antes de nós, este apego à ignorância, tudo isto define um futuro bacoco e medíocre para esta terra.

Rui Alves Vieira

Startups, clínicas e estratégias

O vento agora sopra do norte, ali dos lados de Braga e, temos que a alterar a estratégia para nos adaptarmos ao clima. Por isso, à data de hoje, o edifício da ex CGD deixará de albergar sartups torrejanas e irá agora albergar a MKA Lda. que, na melhor das hipóteses, será uma clínica médica privada.

Graça Martins

Grande Revolta da Educação

(...)somos sobreviventes num País continuamente delapidado por políticas de baixa fasquia cultural, impulsionadora de desigualdades sociais e rica em desvarios financeiros onde se safa quem está ao lado do poder, tornando frágil a integridade, quando o verdadeiro poder é ser-se integro e inteiro(...)

António Gomes

Mais de 2 milhões a voar

O PEDU foi apresentado como a grande oportunidade para a revitalização do Centro Histórico, 7,3 milhões de fundos europeus garantidos, julgava-se que o mais difícil estava ultrapassado, o dinheiro. Mas no caso de Torres Novas o mais difícil não é o dinheiro é a incompetência, a ausência de planeamento e o foguetório adiantado.

Diogo Gomes

A estabilidade de uma corda bamba

Sobre a "estabilidade" da maioria absoluta e do seu governo.

Recomendação a apresentar à Câmara pela Assembleia Municipal:

"É com estes pressupostos que a Assembleia Municipal de Torres Novas, reunida em 13 de Junho de 2022 recomenda à Câmara Municipal que considere a gratuitidade dos TUT a partir do orçamento municipal de 2023."

Texto completo em baixo

Hugo Paz, autarca do BE, apresentou Moção para que a Junta de Freguesia tome medidas junta da Câmara Municipal para que se realize uma intervenção na rua da Liberdade de modo a que seja possível a mobilidade pedonal e que o tráfego automóvel seja feito em segurança. Foi aprovada por unanimidade.

As questões levantadas por Rui Alves Vieira ou ficaram sem resposta ou a resposta foi muito insuficiente. O Bloco não desiste de obter esclarecimentos e voltará a estes temas em breve.

Assuntos apresentados no PAOD: Muro na margem do Almonda; Fabrióleo; Mercado Municipal; PNSAC (Parque Natural Serra D' Aire e Candeeiros); Ponte do Lamego; Pedido de informação à Câmara sobre Loteamentos aprovados; Nascente do Almonda; Homenagem à Professora Helena Sentieiro.

Intervenção de Roberto Barata na Assembleia Municipal: «Em resumo: no ano de 2021 o Município garantiu o cumprimento das suas competências nas áreas básicas do serviço público e de resto é mais do mesmo – anúncios que já vêm de trás e muito pouca concretização tendo em conta que os projectos já vêm de trás. E quanto ao fundamental, já o havíamos afirmado na discussão do orçamento municipal, continuamos sem visão estratégica, debate público com os munícipes e projectos que mobilizem o interesse colectivo.»

Pedro Triguinho, eleito pelo BE na Assembleia de Freguesia (UF Santa Maria, Salvador e Santiago) apresentou um voto de protesto dirigido à Câmara Municipal, pelo alcatroamento da Travessa e do Largo do Lamego, em pleno centro histórico, contrariamente ao que tinha sido assumido pelo Presidente da Câmara, que deu a pavimentação em calçada por garantida na sequência de um abaixo-assinado de moradores.

O Voto de Protesto foi aprovado com os votos favoráveis do BE, PSD, Movimento Pela nossa Terra e os votos contra do PS, sendo que um elemento de absteve

Páginas